segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Borboleta – a passagem


Hoje o texto voou para cá.
*Imagem daqui.

Um comentário:

Bipede Implume disse...

Querida Janaína
Fico sempre maravilhada com sua escrita. Solta a criança que está em mim e leio tudo quase sem respirar.
Beijinho.
Isabel