terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Vida marvada











Hoje, estou sentindo uma preguiça!
Milhares de coisas pra fazer, e essa vontade de só ficar no ócio, deitada na rede,
me balançando...

Vida marvada

Você não sabe como é bom viver
Numa casinha branca de sapé
Com uma mulher a nos fazer carinho
Uma galinha, dois ou três pintinho

Se o sol tá quente a gente arranja rede
Garra a viola presa na parede
Acende o pito cospe e passa o pé
E deixa a vida como Deus quiser

Eh! vida marvada
Não adianta fazer nada
Pra que se esforçar
Se não paga a pena trabalhar!

Não sei por que aqui não nasce nada
É só capim, só mato, espinharada
Não nasce arroz nem milho nem feijão
Não sei o que existe neste chão
De manhã cedo eu olho pra rocinha
Pra ver se às vez nasceu qualquer coisinha
Mas qual o quê, não nasceu nada, não
Plantando nasce, mas não planto, não!

Eh! vida malvada... [bis]
[Deliciosa toada mineira, que expressa tudo o que sinto hoje. Letra — uma das versões — de Lúcio Mendonça de Azevedo, música do grande Almirante]

9 comentários:

valter disse...

Janaína,
essa rede aí, é um convite descarado ao ócio. Já vou alí prá varanda e deitar na minha. Ô vida, marvada!
Beijo, menina

"Ouça a PIER FM, a rádio que toca o coração"

ps: já te enviei informações para ouvir a rádio. Qualquer dúvidas, não titubeie: e.maile-me.

Aninha Pontes disse...

Eita, que olhando essa rede me lembrei que tenho muita coisa a fazer.
Já tô indo, antes que isso me pegue.
Beijos meu bem.

Chorik disse...

Sacanagem Janaina. Eu sentado aqui nessa poltrona dura, barulho infernal aqui na esquina da Av. Paulista, gente buzinando, ambulância sirenando, todo mundo com pressa e você me mostrando essa rede. Ai que preguiça que me deu também!

maria guimarães sampaio disse...

Pronto... dia nacional da preguiça. Hoje acordei dez da manhã! Há anos não me acontecia.

Aninha Pontes disse...

Janaína, me lembrei que dia desses você me perguntou porque não conseguia visualizar as atualizações do meu blog, como consegue no blog do bem.
Pois bem, meu blog é uma versão antiga do blogger, o dele é atualizado.
É que a Meiroca que mexe no meu blog, faz quase tudo prá mim, e ela é muito boa em html, que é o tipo do antigo.
Mas eu passo de tres a quatro dias sem postar, não dá tempo.
Beijos meu bem.

Bernardo Guimarães disse...

Vixe, que dia é hoje? dia de São Macunaíma!
Arreda,gente!

tita coelho disse...

Janaína,
essa rede aí me deu uma preguiça kkkkkkkkkk Muito legal essa música!
Abraços

Valéria disse...

tinha uma agenda minha antiga em que havia uma frase assim: trabalho não mata, mas vagabundagem nem cansa..." rs
eu adoro. sou uma preguicenta de marca maior...
vim agradecer as visitase balançar na rede...
um beijo

Ordisi Raluz disse...

Uma pessoa de sucesso é aquela que pode decidir quando trabalha e quando descansa. Boa rede, prezada Janaína.

Beijos espreguiçantes.