domingo, 12 de outubro de 2008

O ovo do mundo

(Foto daqui)

O ovo do mundo

Galinha, pato, passarinho
nascem de ovos
Dinossauros, também!

Será que o mundo
nasceu de um ovo?

Devia ser gigante,
o ovo do mundo!

Dentro dele tinha
gema? Clara? Ou
dentro dele tinha
gente?

Quem será que botou
o ovo do mundo?

13 comentários:

Aninha Pontes disse...

Taí, algo para se pensar.
O que é um fato, é que todos nós, somos originários de um ovo, agora, será que o mundo veio de um grande ovo?
Vamos descobrir.
Beijos querida, ótima semana.

maria guimarães sampaio disse...

Jana, porretíssimo o ovo do mundo. Foto linda também.

valter ferraz disse...

Janaína,
o meu pensamento foi logo prá galinha. Coitada.
Beijo, menina

Adelino disse...

É uma boa teoria, Janaína. Ninguém sabe, na verdade.
Eu às vezes acho que nós humanos somos apenas virus, bactérias que molestam um imenso corpo do Universo. E por quê não?
Beijos. Ótima semana.

Lord Broken Pottery disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lord Broken Pottery disse...

Jana, seguindo por esta linha, a do munto em forma de ovo, e girando, girando, assim tão rápido, acho que dava uma bela gemada.
Beijo grande

Ordisi Raluz disse...

Quem botou o ovo do mundo foi Apolo, mas, na verdade, Zeus reinvidica isso, rebaixando Apolo a um mero cocheiro. Daí ser nosso mundo um verdadeiro presente de grego, rs.

Beijos planetários.

Bernardo Guimarães disse...

Bacana, fiquei pensando...
Mas e a foto? como pode a foto da coisa MAIS simples do mundo ser tão intrigante?

Bernardo Guimarães disse...

PS:
aguarde chegada do livro.Tá indo...

Janaina Amado disse...

Este poema pra crianças tenta captar o espanto das perguntas infantis diante do mundo, assim como as perguntas fundamentais que nascem deste espanto, tudo isso com certo humor.
Tenho a impressão de que transmiti o que queria, ao ver os marmanjões Valter, Lord, Ordisi e outros curtindo com o ovo.
Também gostei muito da foto.
O ovo, este misterioso e simples objeto, que muitos julgam o mais perfeito, já forneceu muito material pra ficção: sem pensar, já me lembro de João Cabral, Clarice, Drummond... Beijos.

Anônimo disse...

Eu e meu filho adoramos
Abraço
mariano

Rafael Coelho disse...

Agora lendo seus comentários, entendi que o poema é para crianças!!!

Bem, realmente, eu sou um baita crianção...hehehe

Achei muito lindo, tipo isso!

bjo e prazer.

Janaina Amado disse...

Mariano e filhote: um beijo!
Rafael, obrigada pela visita, volte sempre - vou te visitar também.