domingo, 15 de novembro de 2009

Viajando rumo ao futuro - Austrália

Daqui a poucas horas, começarei uma viagem rumo ao futuro. Sim, parto para a Austrália, logo ali, do outro lado do globo terrestre, no Oceano Pacífico. Nessa época do ano, a Austrália está 14 horas à frente de Maceió , onde moro, 13 horas à frente das áreas do Brasil com horário de verão. Por isso é que, todo 31 de dezembro, assistimos primeiro, na TV, os fogos iluminarem a linda Opera House de Sydney. Quando eu chegar em Sydney, meu avião terá feito a extraordinária rota do futuro, e meus conterrâneos no Brasil estarão no... passado!

Do Brasil, pode-se ir à Austrália via África do Sul, via Oceano Pacífico, ou via Emirados Árabes (pela Emirates). Meu marido Luiz, grande companheiro de vida e aventuras, e eu vamos pela rota do Pacífico, um pouco mais próxima (!), e que dispõe da comodidade de um vôo direto desde Buenos Aires (Buenos Aires-Sydney), pela Qantas, a empresa australiana (sempre me perguntei onde foi parar o "u"). Assim, faremos Maceió-SPaulo hoje, S. Paulo-B.Aires amanhã cedo, depois passaremos 4 horas perambulando pelo aeroporto de Ezeiza, até embarcar para Sydney, onde chegaremos no final da tarde de terça-feira, seja lá o que isso signifique. Coisa simples: 21 horas e meia de vôo, de ponta a ponta, fora os intervalos entre os vôos e a chegada ao aeroporto de S.Paulo 3 horas antes do embarque, para a viagem internacional. Se virem passando pelo céu uma mão solta de brasileira, dando adeus, é a minha. Despregou-se do meu corpo durante a travessia.

17 comentários:

clarice ge disse...

Que maravilha! Só uma curiosidade: vão surfar? rssssss.
O que me deixa exausta em viagens são as horas de espera em aeroportos. Mas alguns lugares valem o esforço.
Desejo que tenham uma experiência fantástica, Janaína.
Abração

Ana Tapadas disse...

Oh mulher cheia de sorte!
Desejo-te uma feliz viagem e, depois, queremos aqui belas impressões dessa terra nova...
Que tudo corra muito bem.
Beijinho

aeronauta disse...

Boa viagem, Janaína! Não demore!
Bjos.

Amélia disse...

Boa voiagem, até tamanha lonjura...parece que foram os portugueses a descobrir esse continenete, para desconsolo dos ingleses que julgam que Rhojas Cook, no s.XVII, foi o descobridor.Surgiu em tempos recentes um mapa português bastante anterior em que fifura já a ponta ocedental da Austrália...
Só que aí não permanecemos.
Vá contando, se pouder- ou conte depois...

Gerana Damulakis disse...

Vou olhar para o céu procurando a mão da brasileira a acenar.
Boa viagem!

cirandeira disse...

Uma excelente viagem e ótimas aventuras, Janaína!! Aguardaremos daqui do outro lado, "que é lá do lado da lá", teus relatos!
Beijão

maria guimarães sampaio disse...

Ê maravilha! Beijos pros meninos do lado de lá do Pacífico.
Excelende viagem para você e Luís.

Maria Muadiê disse...

Jana!
Se vir uma mão acenando de volta sou eu.
beijos

Luli Facciolla disse...

Boa Viagem Jana!
Aproveite o futuro!

Beijo

Nílson disse...

Boa viagem, Janaína! Vou acompanhar por aqui!

Edu O. disse...

Boa viagem!!!!! ó não deixe de viajar por aqui tb.

Bernardo Guimarães disse...

vá fundo! contanto que seja como um bumerangue: volte! e nos conte estórias da outra banda da terra.
bj, abraço no xará.

I.Moniz Pacheco disse...

Que maravilha de viagem deve ser essa. Não deixe de olhar para baixo e ver um monte de mãos acenando pra voce.
Divirta-se e volte breve prá contar as aventuras.

Silvana Nunes .'. disse...

Salve !
Navegando pela grande rede sem rumo com a intenção de divulgar o meu blog cheguei até você e gostei do que vi. No momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da telinha está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar um pouco mais de cuidado, mas em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em
http://www.silnunesprof.blogspot.com
Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor através do exercício da leitura, da reflexão e enquanto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam. Pois o maior bem que podemos deixar para os nossos filhos é o afeto e uma boa educação. Isso faz com que ela acredite na própria capacidade, seja feliz e tenha um preparo melhor para lidar com as dificuldades da vida. Com amor, toda criança será confiante e segura como um rei, não se violentará para agradar os outros e será afinada com o próprio eixo. E se transformará num adulto bem resolvido, porque a lembrança da infância terá deixado nela a dimensão da importância que ela tem.
VAMOS TODOS JUNTOS PELA EDUCAÇÃO, NA LUTA POR UM MUNDO MELHOR !
Se achar a minha proposta coerente, siga-me nessa luta por um mundo melhor. Peço que ao responder deixar sempre o link do blog, pois vez por outra o comentário entra com o link desabilitado ou como anônimo. Por causa disso fico sem ter como responder as pessoas.Os meus comentários também entram via e-mail, pois nem sempre a minha conexão me permite abrir as páginas: moro dentro de um pedacinho da Mata Atlântica, creio que mais alto que as antenas, com isso a minha dificuldade de sinal do 3G. Espero queentenda quando não puder visitá-lo.
Daqui onde estou, os únicos sons que escuto aqui é o dos pássaros, grilos, micos., caipora, saci pererê, a pisadeira, matintapereira ... e outras personagens que vivem pela mata.
Por hoje fico por aqui, já escrevi demais. Espero nos tornarmos bons amigos.
Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre.
Saudações Florestais !
Silvana Nunes.'.

xoogle disse...

Enjoy it, mate!!!!

Que bom.. seu entusiasmo é contagiante. Fico muito feliz quando sinto alguém assim com essa alegria com as coisas que acontecem na vida. Aproveite o Outback e as cervejas australianas. Ha!

Beijo.

Ivan.

Bipede Implume disse...

Querida Janaína
Quando aqui cheguei já você está toda inteirinha com sua mão junta, nos antípodas.
Muita felicidade na sua estadia na Austrália.
Fico aguardando suas narrativas com muito entusiasmo.
Grande abraço para si e Luiz.
Beijinhos
Isabel

Luma Rosa disse...

Vai amar a viagem, tenho certeza! O país é belíssimo!! Registre no blogue sim, se tiver tempo! Acho que estará muito ocupada para isto, mas enfim, nós gostaríamos de ter notícias desta experiência! Boa viagem! Beijus,