quarta-feira, 27 de maio de 2009

Terra molhada





Não pude deixar de me deslumbrar. Depois de atravessar um jardim de cheiro bom, cheguei a uma sala simples, bonita. Senti imediatamente paz. As luzes e sombras das luminárias da artista traziam certo mistério ao ambiente. Mesmo com pessoas falando, ouvi silêncio. Nada ali se oferecia, era preciso ir descobrindo aos poucos os incensários, castiçais, pinturas, azulejos, esculturas, os pormenores no chão, teto, paredes... De repente, tive a sensação de que o tempo parara, seduzido talvez pelo mais remoto dos materiais, o barro, de que são feitas quase todas as peças da artista. Às vezes, o barro é combinado com limalha de ferro, rendas, tecidos, o que surpreende e agrada aos sentidos. Invenção e delicadeza, tradição e beleza, coerência e criatividade — lugar de arte.

Falo do atelier Terra Molhada, em Maceió, onde a artista Hilda cria e expõe suas obras. As fotos, de Luiz Carlos Figueiredo, dão uma idéia da produção atual da artista. Para conhecer o trabalho de Hilda, ligue (82) 9321.0441, para marcar uma visita.

12 comentários:

sidney wanderley disse...

JANAÍNA,

Um texto leve,belo e enxuto,
como as peças da Hilda.
O ateliê Terra Molhada é mesmo
um lugar de visita obrigatória
para quem curte silêncio e cerâ-
mica.

Um abraço do SIDNEY WANDERLEY

Maria Muadiê disse...

Muito belo.

Anônimo disse...

Hilda, Cerâmica,Terra Mollada...voltamos no tempo e estamos conversando,wm volta de uma mesa, pertinho desse mar "camaleônico" - parodiando Janaína, de Maceió...

maria guimarães sampaio disse...

Jana, você nos apresenta cada coisa bacana! Adoro barro.

Geraldo de Majella disse...

Estive no ateliê Terra Molhada, faz algum tempo, voltarei mais uma vez com a familia para observar as novidades e curtir o ambiente.
Geraldo de Majella

Anônimo disse...

Estou neste blog pela primeira vez, gostei muito dos teus textos. Estes trabalhos em cerâmica são muito bonitos, cá no sul quase não se faz mais isto. Parabéns!
Vivian Negreto

Ana Tapadas disse...

Parabéns à Ilda! Peças muito ao sabor de tudo aquilo de que gosto: lineares e suaves.
Terra Molhada é um nome muito adequado.
Beijinho Janaína e obrigada por nos revelares esta artista.

ediney disse...

se pudesse levava para casa todas essas imagens

Ana Tapadas disse...

Olá!
Lançaram-me um desafio que repasso para ti, desculpa.
Beijinho

Bipede Implume disse...

Belas peças de barro e segundo dizes com outros materiais. Gosto muito de ver trabalhar o barro.
Também um belo texto.
Beijinhos. Tem foto no email.
Isabel

Bernardo Guimarães disse...

isso é artesanato de qualidade. ando de saco cheio de "feirinha" com as mesmices pra vender. brigado pela dica.
gosto muito do barro.

Grace Olsson disse...

Ah, quando eu for a Maceió, vou visitar o atelier dela...Podes crer..e vc, querida...como vai indo?e as chuvas cessaram?bjs e dias felzies